Meditação do dia

Sábado - 23/08/2014

O ministério cristão – Vida e obra dos crentes
A prática da liderança cristã

A importância da liderança

Leitura diária: Números 27.12-21
Leitura da Bíblia em um ano: Salmos 149 e 150 e Provérbios 1

 

O exercício da liderança pelo servo de Deus vem a ser definido como um ministério bíblico, claramente, já no Novo Testamento, quando Paulo escrevendo sobre os dons do Espírito em Romanos 12.8, menciona que aquele que "preside, o faça com zelo".


No entanto, já no Amtigo Testamento, o Senhor vem chamando a atenção de todos para a importância do bom exercício desse ministério entre o seu povo.


– Fez isto quando chamou Abraão;
– Quando promoveu José;
– Quando chamou Moisés;
– Quando designou Arão.


A lição foi de tal forma aprendida que, na leitura de hoje, podemos ver claramente que o próprio Moisés expõe ao Senhor a necessária substituição à  sua liderança sobre o povo quando ele o deixasse:


"Que o Senhor, Deus dos espíritos de toda a carne,
ponha um homem sobre a congregação,
o qual saia diante deles e entre diante deles, e os faça sair e os faça entrar,
para que a congregação do Senhor não seja como ovelhas
que não têm pastor"
(Nm 27.16,17).


O importante a ressaltar-se no texto é que o Senhor, de certa forma aquiescendo ao pedido de Moisés, acrescenta pela vez primeira um aspecto novo e imprescindível a esta indicação ou chamado. O Senhor fala a Moisés, sobre o que poderíamos chamar de requisito indispensável, critério fundamental a ser observado nesta escolha a ser feita:


"Então disse o Senhor a Moisés: Toma a Josué, filho de Num,
homem em quem há o Espírito, e impõe-lhe a mão"
(Nm 27.18).


Para o exercício eficaz da liderança cristã, a presença do Espírito Santo é fator obrigatório na vida do escolhido. Fator "sine qua non" para tal.

 

Oração para o dia:

Capacita-me, Senhor, para o exercício da liderança que me indicas, fazendo-me habitação do teu Santo Espírito.

Outras Meditações

Newsletter
NOME:
E-MAIL:

JUERP- todos os direitos reservados 2010