Meditação do dia

07/01/2015

Os livros poéticos II - Jó / Pv / Ec / CCânticos
A presença do bem e do mal na vida do homem

Surge um quarto "amigo"

Leitura diária: Jó 32
Leitura da Bíblia em um ano: Êxodo, capítulos 5, 6 e 7

 

Jó encerrou as suas palavras como lemos ontem. Calou-se e os seus três amigos inquiridores, calaram-se também. Aparentemente, ficaram sem resposta para a última fala de Jó. Se eles tinham vindo ali para consolar o amigo, analisar o problema que lhe havia acontecido e apresentar uma provável razão para tal, depois dos três discurso que cada um deles fez, e das respostas sempre diretas de Jó, parece-nos que eles se julgaram sem argumentos para dar continuidade à discussão.


Havia, no entanto, um quarto personagem presente dentre os amigos de Jó. Além de Elifaz, Bildade e Zofar, estava ali também um certo Eliú, do qual pouco se sabe, a não ser aquilo que está registrado. Há um detalhe, entretanto de muita singularidade. Ele a tudo assistira e se nada falara até então, é porque, sendo mais jovem do que os demais, impunha-lhe a cultura da época, só se manifestar em tais momentos, se os mais velhos lhe pedissem a palavra. Como isto não aconteceu, ele se conteve até agora, quando, vendo que os três amigos cessaram seus questionamentos, e que Jó aparentemente os respondera sem deixar dúvidas sobre as inquirições, resolveu então se posicionar, ainda que com humildade e respeito (32.6): "Eu sou de pouca idade e vós sois idosos; arreceei-me e temi de vos declarar a minha opinião". Mas, não satisfeito com o que ouvira, passa a fazer os seus discursos também, começando de maneira bem objetiva e direta:


"Eis que aguardei as vossas palavras,
escutei as vossas considerações, enquanto buscáveis o que dizer.
Eu, pois, vos prestqava toda a minha atenção,
e eis que não houve entre vós quem convecesse a Jó,
nem quem respondesse às suas palavras".
Jó 32.11,12


E, daí em diante vamos ler mais ou menos os argumentos que já foram comentados e discutidos pelos quatro amigos até então, mas com a adição de um aspecto novo, altamente crítico: - Eliú vai abordar o aspecto positivo do sofrimento e da desdita na vida do homem, o que os demais, nas suas discussões mencionaram muito rapidamente, sem se deterem muito neste aspecto que vem a ser mais tarde um dos pontos altos da mensagem evangelística, quando os escritores do NT advogam que, diante de Deus, a dor, o sofrimento e a angústia podem agir como elementos de aperfeiçoamento da vida cristã.

 

Oração para o dia:

Faze-me, Senhor, ser criterioso e respeitoso como Eliú. Que diante de meus irmãos mais velhos eu os respeite, ainda que não concorde com algo.

     1     2     3     4     5     6     7     8     9     10     11     12     13     14     15     16     17     18     19     20     21     22     23     24     25     26     27     28     29     30     31     32     33     34     35     36     37     38     39     40     41     42     43     44     45     46     47     48     49     50     51     52     53     54     55     56     57     58     59     60     61     62     63     64     65     66     67     68     69     70     71     72     73     74     75     76     77     78     79     80     81     82     83     84     85     86     87     88     89     90     91     92     93     94     95     96     97     98     99     100     101     102     103     104     105     106     107     108     109     110     111     112     113     114     115     116     117     118     119     120     121     122     123     124     125     126     127     128     129     130     131     132     133     134     135     136     137     138     139     140     141     142     143     144     145     146     147     148     149     150      

JUERP- todos os direitos reservados 2010